segunda-feira, 31 de outubro de 2011

A graça de não saber

http://migre.me/j282k

Acho que é o jeito que ele olha pra mim. O olhar doce que ele me lança depois que me beija e a vontade que me dá de mergulhar dentro dele.

Ou não. Talvez seja o sorriso. Ele tem um jeito de sorrir que sempre acalma meu coração. Ele traz sossego ao meu coração tão sempre em desalinho.

Tem o modo com que ele me diz palavras doces, com que ele faz planos pra nós e me faz sentir plena. Às vezes é como se ele soubesse exatamente o que eu quero pra gente.

Também tem as coincidências. Não só a de querer aprender italiano ou a de gostar de um mesmo nome, mas o jeito com que tantas vezes ele tem os mesmos sonhos que eu, os mesmos planos pra nós.

Também há grande chance de ser a forma com que ele me abraça. O modo com que ele me puxa pra perto enquanto dorme ou me coloca em seus braços quando preciso de abrigo. Já se perdeu em um abraço apertado? Então. Mais ou menos assim.

Mas não consigo deixar de pensar no beijo. Pode ser. Acho que é o beijo que é tão apertado quanto o abraço e que traz consigo um milhão de sensações.

Talvez seja até o jeito com que ele briga comigo, me despedaça e me refaz, me enlouquece e me faz sã. O poder sobre o que há de mais íntimo e profundo em mim.

E o jeito de escrever, de cantar, de me encantar... de me proteger, cuidar de mim e me mimar. É apaixonante, sempre foi.

Pode ser qualquer uma dessas coisas. Pode ser que sejam todas elas, juntas. Mas na ânsia de descobrir qual delas é a que me faz ser tão perdidamente louca por ele, tive a grata surpresa de perceber que a loucura vem da graça de não saber.

E não saber é perturbador. Quase tanto quanto amar você.

2 comentários:

  1. Apesar de ser extremamente meloso e coisa e tal e tal e coisa, eu gostei.
    Esse sentimentalismo todo que só a dona Bárbara Libório tem =D

    ResponderExcluir
  2. UAU! Se tem uma coisa que você é mestra é em ser ultrarromântica. Coisa que admiro, pois, nem que eu quisesse, conseguirira ser! hahaha

    ResponderExcluir

Diz o que achou :)