segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

"Escorre pelas mãos..."




E o Natal passou. Agora, todos estão preocupados com o Ano Novo, pensando nos desejos para 2012, na ceia do Reveillón, nas sete ondas, na lentilha, na lingerie colorida, na roupa branca e nova que ainda tem que ser comprada.

Depois pensarão no Carnaval, depois na Páscoa, no Dia das Mães, seguindo o ritmo frenético do calendário de datas comemorativas de todos os anos, intercalando com ele a expectativa pelos feriados e aniversários de pessoas próximas.

É sempre assim.

A gente passa o inverno desejando o calor do verão, e o verão lamentando a saudade do frio do inverno. A gente comemora o aniversário de 15 anos, pensando no de 18. A gente acorda pensando na hora de voltar pra cama. A gente passa a segunda-feira lamentando não ser sexta. A gente permanece o domingo inteiro pensando em como espera o próximo sábado.

E enquanto isso minutos, horas, dias, meses se passam. TEMPO PASSA. E tempo, tempo não volta.  

E as segundas-feiras que você lamentou, os dias de calor que você tanto quis que acabassem, e tantos outros momentos que você não viu passar pela ansiedade por outros, podiam estar recheados de oportunidades que você simplesmente não agarrou. Não agarrou porque não enxergou. Não enxergou porque não quis.

A gente acha que tem a vida inteira pela frente e que pode se dar o luxo de não aproveitar cada minuto. Mas o tempo passa rápido, a vida acaba fácil, e você não vai ter outra oportunidade de viver o tempo que não aproveitou.

Deixar o tempo passar sem lembranças que te farão sorrir é desperdiçar o melhor presente que a vida dá pra gente. E eu não sei vocês, mas eu acho a vida colorida demais pra deixar qualquer página dela em branco.

“E não há tempo que volte amor, vamos viver tudo que há pra viver...” ♪

4 comentários:

  1. "E eu não sei vocês, mas eu acho a vida colorida demais pra deixar qualquer página dela em branco."

    ...ok, isso ficou perfeito!=D

    ResponderExcluir
  2. Adoreei.! Muito.!
    É o tipo de coisa que a gente sabe, mas é difícil de concretizar. Eu como uma ansiosa de carteirinha super me identifiquei. acho que a gente nunca vai aproveitar TUDO o que poderia na vida, mas a gente tenta e isso é o que vale. Só não dá pra não tentar sabendo que não há.

    ResponderExcluir
  3. Você não se cansa de fazer as melhores-últimas-frases-de-post-ever não?!

    DEMAIS o texto, Báa... Adoro o tema "tempo"... Principalmente quando tão bem abordado, como agora.
    :)

    ResponderExcluir
  4. Vdd, eita mulher que sabe terminar os textos. Amei Bah, bora fazer 2012 valer a pena ;D

    ResponderExcluir

Diz o que achou :)