domingo, 11 de dezembro de 2011

Pode ser



Eu não sei quando e como um amor começa. Mas a gente sabe quando ele tá lá, escondidinho, pronto pra dar o bote. Ás vezes a gente faz um bocado pra ele crescer rápido, em outras a gente tem medo, e deixa ele apagado, esperando o momento certo pra acender a luz. Mas que a gente sabe, a gente sabe.

A gente sabe porque um belo dia a gente acorda não querendo ser de mais ninguém além de uma só pessoa. É o dia em que você não dá em cima daquela menina do trabalho, e que você não joga charme pro garoto que cruza com você pela rua toda manhã. E por favor, enquanto você ainda fizer isso, não venha me dizer que é amor.

E se não for amor, não diga. Pode ser que não seja amor ainda, e que um dia venha ser, mas ainda assim, simplesmente não diga enquanto não for. 

E ninguém aqui está dizendo que seus olhos devam ser eternamente voltados para uma só pessoa (por mais que devam). Mas o seu desejo, quando o amor chegar, vai ser apenas por ela, vai ser apenas por ele. Acredite, essa história da grama do vizinho ser mais verde é balela.

Pode ser que você perceba o amor em um café da manhã, enquanto pensa na padaria qual seria o pedido dela. Pode ser quando dispensar a balada de todo sábado pra pegar um filme água-com-açúcar no cinema. Pode ser no primeiro beijo, na primeira noite. Pode ser no trigésimo dia, ou na primeira vontade de dizer "eu te amo". Mais do que isso, pode ser tão puro que talvez você simplesmente não se lembre, pode ser que tenha sido desde sempre. 

Pode ser de qualquer jeito, desde que seja de verdade.

Pode ser. Desde que seja amor.

4 comentários:

  1. É, a gente sabe qdo tá lá escondidinho, mesmo nao querendo admitir.

    ResponderExcluir
  2. Bá, sem palavras. Eu não sei se já aconteceu com você, mas já faz um tempo que eu tenho me perguntado "como a gente sabe quando tá gostando alguém", sabe? E adivinha: seu texto me ajudou a responder várias perguntas. Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  3. "Eu te agradeço pelo sol
    que brilha somente sobre
    aqueles que sentem o amor.
    Agora há milhões de anos
    entre minhas fantasias
    e meus medos... Eu sinto o amor"

    ResponderExcluir

Diz o que achou :)