terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Tudo que é a saudade

http://migre.me/hEzGR


"Eu já ouvi 50 receitas pra te esquecer
Que só me lembram que nada vai resolver"
(Leoni - 50 Receitas)

Saudade é quando você não sabe onde colocar as mãos, porque o lugar onde elas se encaixam não está ao seu alcance. Saudade é sentir falta de repousar os olhos naquilo que te traz paz. 

Saudade não tem paz.

Não precisa de tempo e nem é exagero. Saudade aperta depois de um ano, depois de um mês, depois de uma hora. Mas aperta forte e te deixa sem ar. Não pede licença e nem por favor, simplesmente dói. 

Saudade exercita a memória, a busca pela lembrança do cheiro, do som, do toque. A busca daquele detalhe tolo que te traz as mais marcantes sensações. Saudade exercita o coração.

Não é de um momento, de um beijo, de uma época, de alguém. Saudade a gente sente do que fomos, do que somos. Saudade a gente tem do que é bom, do que justifica essa dor gostosa que é sentir falta de algo. 

É frio na barriga, ansiedade, insegurança, zêlo. Saudade não é querer o outro, saudade é querer a si mesmo, é querer o pedaço de si que foi deixado com outrem. 

Saudade é amor. E o que não é?

3 comentários:

  1. Nossa! Eu amo seus textos, mas o final deles sempre são perfeitos! parabéns Bá!

    ResponderExcluir
  2. Saudade é aperto no coração. Coração que parece ficar menor a cada segundo que se passa sem o outro para apertar um corpo contra o outro, no anseio de jamais ter que sentir saudade de novo!

    Realmente, os textos são sempre ótimos, mas o final deles é... =)

    ResponderExcluir
  3. Bah

    Eu sou mais uma pra lista das suas tietes, haha
    Também adoro seus textos, e o final deles... É como pico de montanha russa, como beijo que tira o folêgo, ou como aquele medo que dá frio na barriga, é como insegurança e saudade, mas daquelas que agente gosta de ter.

    ResponderExcluir

Diz o que achou :)