quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Sob medida

http://migre.me/7EVNE
A verdade é que eu acho que você não combina com nenhuma dessas garotas que eu vejo por aí, e isso inclui todas aquelas das quais eu tenho ou tive ciúmes. Nem com uma de cabelo mais comprido, nem com uma de cabelo curto, nem com a que curte rock, nem com a que é recatada e tímida, nem com a que anda arrumada pra uma festa, e muito menos com a que fala alto e ri escandalosamente. Definitivamente, nenhuma faz seu tipo.

Você podia ter alguém perfeitamente igual a você, que compartilhasse seu gostos e tivesse as mesmas opiniões. Mas você ia enlouquecer quando percebesse que não poderia discutir com ela como discute comigo, que na certa ela não te contrariaria como eu muitas vezes me atrevo a fazer. Que na certa, vocês jamais teriam chance de fazer as pazes como a gente faz.

Ou então, você podia conhecer por aí alguém que fosse totalmente o seu oposto, mas você jamais agüentaria ficar com alguém com o qual se stressaria toda hora, a todo momento. Até o seu gênio difícil se renderia ao cansaço.

Talvez você tivesse alguém mais decidida, mais segura, mais certa de tudo que é e que quer. Alguém forte, auto-suficiente. Mas de quem você cuidaria do jeito que cuida de mim? Duvido que os dias tivessem graça se eles passassem sem nosso zelo e carinho. A minha fraqueza muitas vezes nos faz forte, eu sei.

Na certa você adoraria alguém que gostasse tanto de Dr. Sin como você, mas sei que se contenta em me ouvir cantando o único refrão que consegui decorar. Sei que se incomoda com minhas opiniões fortes e para mim tão inquestionáveis, mas odiaria alguém que mudasse seus princípios a toda hora, por qualquer coisa. Pode não gostar do escudo bordado na minha camisa de futebol, mas divide comigo comentários e opiniões que com outras não dividiria.

E talvez exista mesmo alguém mais paciente, mais loira, mais morena, mais gorda, mais magra, menos ciumenta, menos inconstante, alguém que tenha até uma TPM mais suave que a minha. Mas quer saber? Nenhuma delas te olharia como eu olho, te beijaria como eu beijo, te mereceria como eu te mereço, cuidaria de você como quem cuida do grande amor da sua vida. E tudo isso porque você não é o amor da vida de nenhuma delas: é o meu.

E por ser meu, me resta ser assim, tão sua, tão feita pra você.

Feita. (per)Feita. Sob medida.

2 comentários:

Diz o que achou :)