quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Pago quando puder

 Eu devia falar mais. Devia usar mais vestidos no calor e não esquecer de levar a blusa de frio pra faculdade. Devia começar a academia. Devia lutar boxe, muay thay, kung fu. Devia fazer yoga e meditação. Devia ler os catorze livros ainda fechados na estante do meu quarto. Devia marcar oftalmologista, alergologista, endocrinologista, urologista, nutricionista e clínico geral. Devia acordar dez minutos mais cedo todos os dias. Devia deitar mais no colo da minha vó. Devia fazer mais carinho na minha cachorra. Devia fazer mais carinho na minha mãe.

Eu devia dar mais risada do que eu acho absurdo. Devia dormir melhor. Devia acordar mais feliz. Devia dar mais risada das coisas simples também. Devia relaxar enquanto fecho os olhos esperando o dia seguinte. Devia fazer as coisas mais ao meu modo. Devia voltar a rezar. Devia voltar a querer. Devia voltar a fazer.

Eu devia me importar menos. Devia me preocupar menos. Devia pensar menos. Devia me dar o direito de enlouquecer. Devia ouvir mais as minhas amigas. Devia aconselhar menos as minhas amigas. Devia passar mais tempo com a minha família. Devia passar mais tempo com meu pai. Devia viajar mais. Devia voltar a pintar as unhas. Devia clarear mais meu cabelo, e fazer tranças nele de vez em quando.

Eu devia chorar menos. Devia ser mais calma. Devia calar quando é necessário. Devia comer de três em três horas e realmente beber dois litros de água por dia. Devia explodir mais. Devia cuidar da minha alergia. Devia comer menos chocolate. Devia usar mais maquiagem. Devia me achar bonita sem ela.

É, eu devia. 

Eu devia um monte de coisa, e um monte delas eu jamais vou fazer. E enquanto eu devia estar me esforçando – pelo menos um pouco – pra tudo isso, eu estou aqui, sentada em frente ao computador listando tudo que devo em um arquivo do word.

No final, a dívida ficou grande demais.

E como diz a sabedoria popular: “Eu devo, não nego. Mas pago quando puder.

Um comentário:

  1. Eu deveria fazer metade das coisas que você listou.
    De toda a minha lista de desejos para 2012, um ítem eu já coloquei em andamento. Seria isso algo louvável? Ótimo texto Báh, bom pra refletir.

    ResponderExcluir

Diz o que achou :)