terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Prece

http://migre.me/7Vfuy
Hoje eu acordei sentindo Sua falta.

É como se eu tivesse acordado com um aperto a mais aqui dentro. Um aperto sem nome, sem endereço e sem previsão de partida. Quase um hóspede.

Hoje eu acordei de bom humor. Acordei sorrindo, cantando, rindo, fazendo rir. E aqui dentro, um impulso contido de dizer o Seu nome, de chamar por Você.

Não sei há quanto tempo foi a última vez que eu senti algo parecido. Me lembro de algumas vezes ter chamado Seu nome no escuro, de algumas vezes sentir uma vontade tremenda de me apoiar em Você. Mas nada assim.

É que hoje eu não acordei querendo Te pedir ajuda, força, paciência. Hoje eu não quero chorar minhas dores, e nem Te pedir pra acabar com elas. Não. Hoje é diferente.

Hoje eu quero sorrir pra Você, Te mostrar coisas bonitas, essas coisas doces que têm aqui dentro e eu tantas vezes escondi. Acordei com vontade de Te dizer que eu estou aqui, e que na verdade, eu sempre estive, não estive?

Eu não garanto que eu vá Te procurar. Você sabe que eu sempre fui covarde pra isso, né? É difícil pra mim.

Só quero que saiba que dá pra sentir. Dá pra sentir esse amor todo que Você dedica a mim, essa inundação de sentimentos bons que me animam a continuar. E é bom. Eu nem me lembrava o quanto.

Simplesmente obrigada.

2 comentários:

  1. Sei bem como é sentir isso e sei mais ainda o sentimento bom que isso causa. Se um dia a saudade for tão grande, daquelas que nem cabem no peito, e se você quiser correr pra Ele, bom...pode pedir ajuda, redescobri o caminho há um tempo atrás! :)

    ResponderExcluir

Diz o que achou :)