terça-feira, 6 de março de 2012

O texto mais amargo dos últimos tempos



Eu sempre fui fraca. Assim. Desse jeito.

Eu não sei resolver nada sozinha. Eu não gosto de resolver nada sozinha. Eu não sou do mundo dos solitários auto-suficientes.

Tem uma dor gritando aqui no peito. Gritando sufocada pelo sorriso que eu finjo no passar dos dias. Um fingimento sufocado pelo cansaço que é disfarçar a dor.

É uma vontade de me esconder do mundo, de pedir pra ele parar só um pouquinho pra eu poder descer. “Oi, moço. Será que você pode desligar esse brinquedo? Eu não sabia que ele era perigoso assim. Eu tô com medo”.

Hoje eu pensei em desativar o blog. Em deixar morrer com ele todas essas lembranças e sentimentos que um dia eu escrevi aqui. Tipo fechar a última página de um livro, sabe? Mas eu não consigo. O meu querido diário é a única coisa que restou da doçura que eu tinha há semanas atrás. Nada mais justo que de vez em quando ele seja também meu poço de mágoas. Mas se eu fosse qualquer um de vocês que estão lendo esse texto agora, eu não perderia mais meu tempo aqui, pelo menos enquanto cada post meu for o mais amargo dos últimos tempos.

Sei que tudo que já escrevi sempre pareceu muito fofo e meigo, tão doce quanto um punhado de açúcar. Sempre cheio de amor. Mas desculpe desapontá-los. No momento, eu quero que o amor se exploda. Não quero saber de casais felizes, de sonhos compartilhados, nada desse blábláblá que um dia acaba e faz a gente sofrer. E eu não me culpo por isso. Estou me dando oficialmente o direito de sofrer. 

Hoje eu mudei minha playlist. De Djavan, pra rock pesado. Mudei o papel de parede do meu computador. De corações, pra uma paisagem longe, desconhecida. Hoje eu mudei de casa, mudei de roupa, mudei de crença. Desculpe-me se não me reconhecerem.

Hoje eu me perdi por aí. E não volto.

5 comentários:

  1. Não nos desaponta nenhum pouco, Bá! A gente passa por situações que não são ruins, são medonhas e assombrosas.Não se sinta sozinha, por mais que queira um cantinho e momento só seu, sempre existirão pessoas capazes de enfrentar esses momentos com você e, acredite em mim, amenizá-los até torná-los pequenas cicatrizes, que a gente sempre carrega. Conta comigo para o que precisar e que esse momento "amargo" passe logo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Má, muito obrigada mesmo!
      É bom ter gratas surpresas desse jeito :)

      Excluir
  2. achei o texto incrivel, só discordo do fato de que voce é fraca. não voce é muito forte, apenas pelo fato de publicar aqui e em outros lugares o seu sentimento. sempre me orgulhei desta sua qualidade. momentos ruins e tristes fazem parte da vida. se permita sofrer sim, é sinônimo de VIDA. se permita viver . a vida nao é só sorrisos, se fosse, qual seria a graça ? . quero sim te ver daqui um tempo muitoo alegre como sempre foi. mais nao marque datas, o seu coração sabe o tempo certo.

    ResponderExcluir
  3. http://pensador.uol.com.br/frase/Nzk2MzUw/

    Vai passar, Bá. Vai passar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo esse texto Tami *_* Queria poder dar um pulo no mar, rs.

      Excluir

Diz o que achou :)