quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Elas por ela

menina sorrindo
http://migre.me/avoqD
Cuide dela. Cuide do seu coração. Feche os cortes que se abrirem, mesmo que não tenha sido você o responsável por tê-los aberto. Ela vai precisar de ajuda, e é você que deve lhe oferecer amor.

Olhe bem nos olhos. Se eles estiverem muitos baixos, ela estará triste. Se estiverem sorrindo, a verá sorrir junto com eles. Se estiverem duros e frios, preocupe-se.

Deixa que ela te contrarie, que ela se manifeste. Não fique bravo mesmo que o que ela fale seja um amontoado de besteiras. Essas coisas fazem um relacionamento crescer, e faz com que ela se sinta entendida.

Tenha paciência com os dias ruins. Haverá alguns em que ela estará insegura, outros impaciente e outros, ainda, carente. Sorria. Faça-a cócegas, conte uma piada, a deixe leve. Tire do seus ombros o que pesa.

Não a magoe se puder. Certas vezes é inevitável, é verdade, mas nas que não forem, tente fazer com que ela não fique triste. E se magoá-la, reverta. Ela estará sempre esperando por um sorriso para que possa parar de chorar.

Não perca o hábito de mostrar o quanto a ama. Pode cobrar isso dela também, mas na maioria das vezes não precisará. Se não falarem, apenas digam tudo no olhar.

Ah, o olhar! Esse é primordial. Não deixe de olhar em seus olhos. Confiança e sinceridade são transmitidas em pequenos gestos. Não os abandone.

Torça pela sua felicidade, e a apoie. Haverá dias em que nem ela acreditará em si, e se você não a fizer sentir amada... Bom, quem fará?

Discuta política, história, filosofia. Não ache que as revistas de moda são o que há de mais interessante no mundo feminino. Surpreenda-se com o quanto ela pode te surpreender.

Fique bravo quando brigarem. Se preciso for, ignore as tentativas dela de fazer com que as coisas fiquem bem. Mas antes de dormir, ao se deitar, não se esqueça: ela te ama. 

Insista. É isso que a gente faz quando, de fato, queremos algo. Insista, persista, lute. Não desista fácil demais. Talvez ela precise de um pouco mais de você, e talvez você precise dar um pouco mais a ela.

Seja seu amigo, namorado, marido, mas não seu pai. Ela quer um homem, e não um dono. Ela quer ser sua, mas não quer ser de você: e acredite, isso são coisas completamente diferentes.

Aprendam juntos, e por mais pelejante isso possa parecer, no final do dia, ela ainda estará contigo. E isso deve fazer todo e qualquer esforço valer a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz o que achou :)