terça-feira, 16 de outubro de 2012

A generosidade do tempo

menina feliz
http://migre.me/bbbhB

"Sapphire and faded jeans,
I hope you get your dreams.
Just go ahead, let your hair down
You're gonna find yourself some where,some how"
(Put Your Records On – Corine Bailley Rae) 

Mudei de casa esses dias e o quarto novo ainda parece estranho pra mim. Coloquei a cama em frente a porta, e apesar do feng shui condenar a disposição dos meus moveis, ando tendo um sono tranquilo e profundo.

Ainda não consigo achar alguns objetos escondidos no meio da bagunça, mas meus momentos de stress e nervoso por isso são rápidos e fugazes. A claridade da sala anda fazendo bem pro meu humor.

Faz algumas semanas que decidi ser feliz. Assim, simples desse jeito. Há alguns dias resolvi não deixar mais certas coisas abalarem minha felicidade. Havia coisas pequenas demais estragando meu humor e escondendo meu sorriso. Bobagem, a vida é mais que isso!

Também parei de me incomodar com a inveja alheia. Aprendi com a minha mãe que pensar nesse tipo de coisa apenas as atraem e deixam mais fortes. Estou me protegendo com todo o amor que me rodeia, e descobri que NADA é mais forte que isso, portanto, não me deixo abalar.

Deixei de me preocupar com aqueles que me fizeram ou me fazem mal. Deixei de lado a raiva, as mágoas e até o instinto de vingança. A vida é generosa e sempre ensina o que deve ser aprendido. Tudo que vai, volta, e se preocupar com isso é perda de tempo. Maktub.

Estou tentando ser menos pessimista, e com isso ando conseguindo ser menos ansiosa. O medo de que tudo dê errado costuma - quase sempre - ser maior do que as possibilidades de que isso realmente aconteça, então tudo bem. Se eu cair, do chão não passa.

Estipulei algumas metas e delineei alguns caminhos que precisam ser seguidos. Além disso, listei em mim algumas coisas que precisam ser mudadas. Sem pressa. Sem desespero. Se a gente não for amiga do tempo, ele não é generoso com a gente.

E ele tem sido.

Hoje eu completo 20 primaveras e nunca me senti tão completa. Apesar dos desafios que enfrentei pelo caminho, consegui me tornar uma pessoa da qual eu me orgulho. Olho ao meu redor e vejo pessoas maravilhosas que só emanas boas energias. Tenho a quem cuidar, e tenho alguém que cuida de mim. Não esbanjo dinheiro, mas amor não há de faltar. 

A saúde ainda é forte e o sorriso constante. Se os desafios pela frente são muitos, os sonhos são ainda maiores. Sobram vontade e determinação, ainda que às vezes me falte paciência pra esperar o que vem pela frente.

Mas há de vir. E o que vier será bem-vindo. E o que quer que chegue, será recebido com coragem.

A gente passa muito tempo pensando ser pequenininha, até o dia em que descobre que é forte o suficiente pra ser gente grande. 

O dia chegou. Que venha o resto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz o que achou :)