quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Tudo aquilo que eu quero

http://migre.me/hfpSf

Tire agora os sapatos, jogue tudo pro alto, sinta o chão
Aprender a andar descalço num mundo de asfalto e sem coração

Até que o mundo gire ao seu redor.”
(Capital Inicial – O Mundo)

Dia 31 de dezembro é sempre nostálgico, mas nenhum outro dia tem o dom de me fazer repensar tanto a vida quanto 1º de janeiro.

Dá vontade de pegar a agenda nova e rabiscar logo na primeira página tudo que eu quero e preciso fazer em 2014. Doar sangue, tirar os dentes do siso, fazer uma nova tatuagem, voltar a juntar dinheiro para um intercâmbio, viajar para lugares diferentes com meu namorado, cuidar mais da minha família... Nossa, é tanta coisa para fazer.

Mas se teve uma lição que 2013 tentou me ensinar todos os dias, foi a não me cobrar demais. Foi a não cair na autossabotagem barata de me colocar incontáveis metas que eu não posso dar conta de cumprir. Foi a entender que eu posso conquistar tudo que quiser, mas que não posso extrapolar os limites necessários ao meu bem estar.

Por isso, em 2014, eu prometo não me sentir culpada se uma ou outra coisa ficar fora das metas atingidas. Eu vou dar o meu melhor, sim, mas entendendo que sou humana e posso errar. Todo mundo pode.

Este ano, eu juro que vou dar mais e mais valor aos meus poucos, mas tão especiais, amigos verdadeiros. Aqueles que em 2013 me mostraram que estarão ao meu lado custe o que custar, seja onde for. E, principalmente, vou sofrer menos por aqueles que não são de verdade, consciente de que todos podem me decepcionar, e de que ninguém precisa ter as mesmas atitudes que eu.

Eu vou ter mais paciência com as pessoas que eu amo. Vou me estressar menos, relevar mais, dar mais risada dos problemas do que chorar por eles. E vou agradecer todo dia pelo cara lindo que Deus colocou na minha vida há quase dois anos para me ensinar como a vida pode ser leve, bela e apaixonante.

Em 2014 eu quero colocar em prática tudo que aprendi no ano passado. Quero que todo o autoconhecimento conquistado seja usado em pró de mim e das pessoas que eu quero bem.

Também quero ser melhor para mim. Cuidar mais do que me toca, do que eu gosto, do que me faz bem. Ser a Bárbara de verdade, aquela que se formou diante de todos os acontecimentos, bons e ruins, dessa vida.

Em 2014 eu quero, com todas as minhas forças, ser feliz. Quero me sentir viva e disposta todos os dias. Quero amar como nunca, fazer os outros mais contentes, me sentir útil e realizada.

Quero e vou dar o melhor de mim.

Lembro de pouquíssimos anos com o carinho que sei que vou ter ao lembrar de 2013, mas vou fazer de 2014 o melhor que ele possa ser. 

E ele vai ser sensacional, porque eu quero que ele assim seja!

4 comentários:

  1. Se você quer que ele seja sensacional ele vai ser simplesmente espetacular.
    Porque quando a gente quer de verdade algo, o universo conspira ao nosso favor.
    Desejo um 2014 cheio de realizações pra ti.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ariana! Que 2014 seja sensacional para nós, e tenho certeza que será, porque assim queremos, não é?
      Volte sempre! :')

      Excluir
  2. liindo post!

    Será sim sensacional!É ter fé e correr para isso!

    Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.(AMO ESSE TEXTO)


    Parabéns pelo blog!
    Beijos
    FB
    http://gabrielamidoess.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Gabriela!
      Também adoro esse texto. É lindo!
      Que 2014 seja excepcional para nós! E volte sempre! :')

      Excluir

Diz o que achou :)