segunda-feira, 31 de março de 2014

Ainda lembro

http://migre.me/iAr3Q
"Me dói essa lembrança 
Das suas mãos em minhas costas
Sob o sol da manhã"
(Isabella Taviani - Digitais)

Ontem o caminho do ônibus me fez lembrar. A paisagem da janela lateral me embriagou de lembranças nossas. Os nossos encontros às escondidas, nossos finais de tarde felizes, nossa respiração ofegante que quase gritava em meio ao silêncio.

Lembrei da sua cama desarrumada e do apanhador de sonhos que ficava na janela. Dos livros jogados no chão misturados às roupas e ao seu violão. Todo bom romance tem um violão, não tem?

Lembrei das minhas mãos nas suas costas. Da sua boca no meu pescoço. Das nossas risadas torpes, puras, quiçá até inocentes. Lembrei da energia que só o seu olhar um dia conseguiu me passar.

Relembrei o vício. O vício da sua companhia, do seu cheiro, do seu toque. Você era minha droga favorita e nunca me fez mal. O que acontece é que, como todo viciado, vez ou outra eu precisava me afastar, te olhar de outro ângulo, respirar outro ar.

Te devorar era devorar minha sanidade. Os impulsos percorriam meu corpo como um choque. E eu precisava tanto de você... Tanto.

Você me deixava te consumir sem culpa. Não esperava que eu voltasse no outro dia, não cobrava uma ligação ou qualquer outra coisa em troca daquilo. “Pode vir só de passagem”.

Mas a gente cresceu. Você mudou, quase enlouqueceu. E eu, me desculpe, não aguentei segurar a barra.

Você, que sempre foi meu bote salva-vidas, se viu sem chão quando quis me fazer de tábua salvadora. Eu não sirvo pra isso, você sabe.

E o conto de fadas teve fim. Algo se quebrou. Restaram apenas as lembranças, sempre acompanhadas de sorrisos, que me acometem quando passo ali, pela sua rua – que por tantas vezes eu desci correndo, louca para te abraçar.

Sinto falta do calor do seu abraço, das minhas mãos nas suas costas e da sua boca no meu pescoço. Espero que, de alguma maneira, você saiba disso.

10 comentários:

  1. nesse texto você se superou !

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto parabéns. :3
    http://singeloleitor.blogspot.com.br/
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, José! Vou visitar seu blog também! Volte sempre! :)

      Excluir
  3. Primeira vez aqui no seu blog e se todos os outros textos forem tão intensos e bem escritos assim então eu vou ter que voltar para ficar.
    Menina, que texto maravilhoso! Parabéns, viu?
    Beijo

    www.cecismaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cecília! :) Fico feliz que tenha gostado!
      Vou visitar seu blog também. E volte quando quiser!

      Excluir
  4. Sempre que leio algum texto seu me encontro, de alguma forma, nele, e sinto uma falta imensa de um conto de fadas que, embora não tenha tido fim, acabou.

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo que acaba sem ter fim dá um gostinho de quero mais, não dá? =P

      Excluir

Diz o que achou :)