terça-feira, 25 de novembro de 2014

Estou chovendo

http://migre.me/n6HWZ

"Nada do que eu fui me veste agora 
Sou toda gota, que escorre livre pelo rosto 
E só sossega quando encontra a tua boca"
(Maria Gadú - Quando Fui Chuva)

Está chovendo lá fora. Não chove assim há algum tempo em São Paulo. Mas agora chove tanto, que eu nem consigo desligar o computador e sair do trabalho.

Esse trabalho é novo. Não faz muito tempo que estou aqui. Ainda nem me acostumei com a disposição dos banheiros e dos elevadores. De vez em quando, até sinto saudades daquele outro. Mas passa logo. Estou feliz aqui. Sinto que meu trabalho é reconhecido e valorizado.

Se eu conseguisse atravessar a rua aqui de baixo – que está alagada por conta da chuva – eu pegaria o trem e iria para a faculdade. Ah, a faculdade... Faltam menos de 15 dias para ela acabar. Depois dos quatro anos mais insanos e intensos dessa vida, chegamos ao fim. Falta só ajeitar a apresentação do tão temido TCC... Tão temido e lindo. Morro de orgulho dele.

Não fosse terça, mas algum outro dia da semana, eu iria para o centro. Esse lugar maravilhoso que salvou minha vida. Que resgatou minha fé. Que me disse “filha, joga essa mágoa pra longe e vem ser feliz fazendo o bem”. Eu fui. Estou lá. Estou bem.

Faz meses que não abro a tela do Word para escrever algo que não sejam minhas matérias jornalísticas. Uma amiga fez um comentário muito conveniente dia desses: só escreve bem e rotineiramente quem está sofrendo. Eu não estou. Inédito, né? Mas não estou. Por isso esse texto aleatório e ruim está sendo publicado.

Na verdade, faz meses que eu quis me afastar da internet. Das redes sociais. Do monitoramento contínuo de... Ops. Espera. Eu não vou falar disso. Vez ou outra eu pensei em desbloquear meus perfis e me pôr a falar novamente sobre tudo e todos, mas... Não faz bem, entende?

Já consigo ver os prédios do outro lado da Marginal. Capaz da chuva estar diminuindo. Logo logo posso ir para casa. É bom chegar cedo. Dá tempo de assistir Grey’s Anatomy antes de ir dormir. Eu e essa mania que tenho de começar a assistir as séries que já tem mais de cinco temporadas... Ando até sonhando com a Meredith.

Gosto de chuva. Faz tempo que não chove e faz tempo que eu não chovo. Eu tenho esse costume de não chover. De não lavar. De deixar o tempo passar enquanto eu vivo. Sobrevivo. Ás vezes é bom ficar preso por ela.

Acho que por aqui, ela já passou.

Vou ficar mais um pouco.

Estou chovendo.

6 comentários:

  1. Faz tempo que nao passo por aqui, seus textos ficam cada melhores! Boa sorte em tudo..

    ResponderExcluir
  2. Faz um tempo que eu também não chovo.
    Fico feliz por você estar concluindo o curso e tenho certeza que você terá muito sucesso nesse mundo louco do jornalismo, quem sabe um dia a gente se encontra nesses trabalhos da vida né?
    Felicidades e boa sorte!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ari! Com certeza vamos nos encontrar nesse mundinho pequeno e louco! Sorte e felicidade para nós! <3

      Excluir
  3. Oi, Bárbara! Fui apresentado aos seus textos algum tempo atrás e quer saber? Muito bons!

    Concordo com o comentário da sua amiga "só escreve bem e rotineiramente quem está sofrendo.". Passei dois anos sem publicar nada no meu blog e de repente, voltei com tudo (mas meus textos estão tão pessoais e numa gangorra de sentimentos tão distintos que nem posso dizer que são bons! [rs]).

    Mas, discordo quando você diz que o texto é ruim. Mesmo sendo "aleatório" ele é muito bom!

    Você concluindo e eu entrando na minha reta final desse curso louco de jornalismo que amo! (falta um aninho, apenas!)

    Sou fascinado pela chuva e fazia tempo que eu não chovo. Mais uma concordância: precisamos viver, porque merecemos mais que sobrevida.

    Beijos e, por favor, publica mais textos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Garotto!

      Obrigada pelo seu comentário!

      Às vezes é bom sair da montanha russa e dar um tempinho pra vida levar a gente sem a obrigação de termos que levá-la, não é?

      Boa sorte nesse último ano de faculdade. Será de sucesso, com certeza!

      Prometo publicar mais em 2015. =^.^= Volte sempre!

      Excluir

Diz o que achou :)