quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Pra quem é o seu feminismo?



Pra quem é o seu feminismo quando seu amigo é abusivo e você finge que não vê?

Pra quem é o seu feminismo quando seu amigo diz que é insuportável lidar com a desconfiança da namorada, mas a trai sem o menor pudor e você faz vista grossa?

Pra quem é o seu feminismo quando seu amigo chama a ex de ciumenta, louca, desequilibrada e você não o questiona? Pra quem é o seu feminismo quando seu amigo dá um escândalo porque a namorada saiu sozinha, de roupa curta, ou bebeu demais e você fica em silêncio?

Pra quem é o seu feminismo quando ele humilha a ex para a família, os amigos ou no trabalho dela e você não diz que ele está errado?

Pra quem é o seu feminismo quando ele faz a namorada se sentir culpada por erros que ela não cometeu e você até concorda?

Pra quem é o seu feminismo quando seu amigo a faz excluir fotos, conversas, amizades e você acha natural?

Pra quem é o seu feminismo quando ele diz para a namorada ‘mas você já tem amigos demais, pra que fazer mais?’, e você finge que não ouve?

Pra quem é seu feminismo quando ele diz que ela tem que se dar ao respeito, parar de dar abertura para os caras, se colocar no seu devido lugar, e você passa a mão na cabeça ‘ciumenta’ dele?

Pra quem é o seu feminismo quando ele destrói psicologicamente namorada por namorada e você apenas as conhece e se despede como se não te dissesse respeito — ou as chamando de desequilibrada depois do fim?

Pra quem é o seu feminismo quando você bate palma pro algoz enquanto uma mulher agoniza ao seu lado?

Não foi pra mim. Não foi pra ela. Que seja pra próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz o que achou :)